Diogo Viana traz a beleza do artesanato pernambucano ao CASACOR-PE

327
Diogo Viana traz a beleza do artesanato pernambucano ao CASACOR-PE - CASACOR PE Ceusa
Fotos: MCA Estúdio

Um verdadeiro resgate ao centro histórico de Recife: essa é a proposta da CASACOR Pernambuco deste ano. A 25ª edição da mostra acontece no coração da cidade, nas instalações do icônico Edifício Chanteclair, fechado desde 1990. A construção do século XX é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Os 26 ambientes apresentados pela exposição mostram a beleza da arquitetura e do design de interiores, além das tendências de decoração. Dentre eles, a “Galeria dos Artesãos”, assinada pelo arquiteto Diogo Viana. “Os 70m² do ambiente é uma homenagem à arte popular e ao artesanato pernambucano, sobretudo do Vale do Catimbau, inseridos em um lounge e na exposição comercial”, conta o profissional.

Diogo Viana traz a beleza do artesanato pernambucano ao CASACOR-PE - CASACOR PE Ceusa1Tons terrosos abraçam o projeto que convida à contemplação da cultura brasileira. Porém, o destaque está no imenso pé direito de 20m, que deixa à vista os registros da história do edifício Chanteclair. Assim, lâminas de pavimentos, gravuras e marcas de tintas são valorizadas, transportando o visitante em uma viagem no tempo. Este, inclusive, foi um dos desafios do arquiteto, que precisou conciliar a altura do espaço e a harmonia do conceito criado com o tema da CASACOR: “Infinito Particular”.

A Ceusa, inspirada no universo da moda e da arquitetura, também marca presença, garantindo ainda mais beleza à galeria. O produto Brasilidade Mix, assinado pela estilista Isabela Capeto, reveste o piso geral e a parede principal. Inspirado nas recordações de uma viagem para a região do Cariri (Ceará) e nos antigos azulejos hidráulicos, esse porcelanato garante uma atmosfera contemporânea e, ao mesmo tempo, repleta de nostalgia.

Diogo Viana traz a beleza do artesanato pernambucano ao CASACOR-PE - CASACOR PE Ceusa2Uma peça em grande formato e cores quentes, além de formas geométricas que sempre estão em alta nas passarelas e, claro, nos closets. A identidade, a estampa autêntica e o conceito do produto foram fatores importantes na hora das escolhas dos elementos.

Diogo Viana traz a beleza do artesanato pernambucano ao CASACOR-PE - CASACOR PE Ceusa3Outros destaques do ambiente estão nas obras de arte e na exposição de fotografias retratando o ateliê de um artesão pernambucano, criado pelo fotógrafo Gustavo Bettini. “É um espaço contemplativo, expositivo e comercial do que é produzido em Pernambuco. Os clientes poderão comprar as peças com a cuidadosa curadoria que fiz”, explica Diogo Viana.