Lustres Yamamura: 10 dicas para um projeto luminotécnico perfeito

365

A iluminação é a alma da casa, ela é responsável por criar diversas cenas e delimitar a função de cada ambiente.

O projeto luminotécnico é o estudo da iluminação artificial, que tem a finalidade de conciliar a função de cada espaço, seja interno ou externo, proporcionando funcionalidade, beleza e economia de energia elétrica.

A Lustres Yamamura, uma das maiores varejistas de iluminação do Brasil, dá 10 dicas para um projeto luminotécnico perfeito.

  1. Inicie o projeto no momento da construção. Isso evita trabalhos desnecessários e gastos excedentes, posteriores à definição da dimensão de cada ambiente e layout da casa. O projeto deve conter a planta do local e especificações de lâmpadas, luminárias e os pontos elétricos.
  2. A iluminação eficiente é aquela que trabalha a favor da arquitetura e da decoração: pode ser utilizada para criar cenários, ressaltar elementos, setorizar ambientes, definir áreas de circulação e até valorizar detalhes, como revestimentos ou obras de arte.
  3. As lâmpadas de led são as melhores alternativas em relação à economia, durabilidade e qualidade. Se elas forem escolhidas no projeto, são excelentes opções as amareladas de até 3000k para salas, quartos e salas de jantar e brancas de 4000k para cozinhas e banheiros.
  4. A luz indireta embutida na parede é perfeita para escritórios, já que a incidência não ocorre diretamente na tela do computador, o que pode causar desconforto e deixar o ambiente mais cansativo.
  5. O forro de madeira é uma ótima saída para trabalhar o projeto luminotécnico. A alternativa deixa o ambiente mais acolhedor devido ao seu material. Os diversos pontos de iluminação variam desde os trilhos até a sanca de madeira com luz, que valoriza ainda mais a composição dos materiais no teto.
  6. Para o banheiro o ideal é optar por uma iluminação mais uniforme e intensa. Nesse caso, deve-se instalar uma luminária principal que distribua a luz em todo o espaço e coloque uma iluminação decorativa próxima a bancada em frente ao espelho. Evite lâmpadas que criem sombras, pois elas atrapalham na visualização.
  7. Luzes embutidas na marcenaria deixam o móvel bem mais funcional. Um exemplo disso são lâmpadas instaladas no guarda-roupas, que ajudam no momento de escolher as peças. Ou nas prateleiras, facilitando o acesso aos livros ou destacando objetos decorativos como vasos e quadros.
  8. Trilhos eletrificados são ótimas alternativas para casas alugadas. Flexíveis e fáceis de instalar, além de evitar a necessidade de quebra-quebra, podem se adaptar mais facilmente ao morador atual.
  9. Os dimmers são uma excelente opção para ambientes que exigem conforto e aconchego. Por isso usar um medidor de intensidade de luz é interessante. Para a iluminação geral é recomendável o uso de luminárias com lâmpadas incandescentes ou produtos de led compatíveis com o equipamento escolhido.
  10. Para auxiliar arquitetos e clientes, a Lustres Yamamura oferece uma sala de projetos luminotécnico, que tem um laboratório exclusivo e moderno, com 70 circuitos diferentes, que proporcionam todos os tipos de variações de iluminação: geral, direta, indireta, linear, dirigida etc.

Lustres Yamamura
www.yamamura.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here