Exposição inédita de Alex Flemming na Galeria Arte132

95

Galeria, comandada por Telmo Porto, recebe a mostra individual de Flemming, que reúne pinturas da emblemática série ‘Alturas’
Circuito Arq+Decor FLEMING1 Exposição inédita de Alex Flemming na Galeria Arte132 NEWS

Circuito Arq+Decor FLEMING2 Exposição inédita de Alex Flemming na Galeria Arte132 NEWS

Com foco na produção artística brasileira, a Arte132, em Moema, zona sul de São Paulo, apresenta até 16 de outubro a mostra Alturas, individual e inédita do artista multimídia Alex Flemming, com curadoria da crítica de artes visuais Angélica de Moraes. O artista, paulistano radicado em Berlim, apresenta 15 obras realizadas por ele desde 1988 até os dias atuais. São pinturas de grande escala, nas quais o artista registra a altura corpórea de personalidades que ele admira e estiveram em seu ateliê. Pessoas que representam os mais diversos campos da Cultura, brasileira e internacional, como Paulo Mendes da Rocha, na arquitetura, Eduardo Galeano, Ignácio de Loyola Brandão e Milton Hatoum na literatura, Gilberto Gil, Chico César e Michael Nyman, na música, Marianne Sägebrecht, Fernanda Torres e José Wilker, representando a arte cênica, os cineastas Rosa von Praunheim, Karim Ainouz, João Moreira salles e José Mojica Marins, os fotógrafos German Lorca, Frank Thiel, Tuca Vieira, Nair Benedicto e Eustáquio Neves, nas artes plásticas Amélia Toledo, Cristina Canale, Ayrson Heráclito, dentre outros. Flemming convidou cada um deles a ir a seu ateliê – em São Paulo ou Berlim -, tirar os sapatos, ficar de costas para uma tela e assim registrar a altura do retratado em linhas verticais sob pinturas abstratas.

O artista padroniza o tamanho das telas para elas ficarem iguais e constituírem uma espécie de “Código de Barras da Cultura de nosso tempo”, na medida em que em cada tela há quatro, cinco ou seis personalidades retratadas. “O que muda, e muito, com o decorrer das décadas, é o fundo. No início, os fundos eram feitos com estêncil e depois, conforme passavam épocas e ciclos, eles se tornaram monocromáticos com pinceladas fortes”, explica Alex Flemming. As letras que formam os nomes das pessoas retratadas fazem parte integral da obra e são escritas criptograficamente, como o artista já fez na Estação Sumaré do Metrô de São Paulo, sua obra pública mais conhecida.

Serviço

Alturas, de Alex Flemming

Galeria Arte132

Av. Juriti 132 – Moema – São Paulo (SP)

Período: até 16 de outubro de 2021

Horário de visitação: Segunda à sexta-feira, das 14h às 19h e sábado, das 11h às 17h

Tel.: (11) 5054-0357