Campinas é polo de atração de investimentos no setor imobiliário

42
Campinas é polo de atração de investimentos no setor imobiliário - MERCADO CAMPINAS
Imagem: divulgação

Perspectivas de bom desempenho para o mercado encontram um terreno fértil no interior paulista

Em 2023, o segmento de imóveis de médio e alto padrão no Brasil teve crescimento de 14% no volume vendido (42.997 unidades), com um valor de vendas 18,9% maior (R$ 21,1 bilhões). Os dados compõem o levantamento Abrainc-Fipe. Na capital paulista, o instituto de pesquisa Data Lello aponta que São Paulo se encaminha para um recorde histórico, com 818 novos condomínios entregues até o final deste ano. Perspectivas promissoras em lançamentos e volume de negócios também se estendem ao interior paulista. Em Campinas e região, a atração de investimentos registrada entre 2023 e primeiro trimestre de 2024 é fator associado à boa performance do mercado.

De acordo com a pesquisa nacional Abrainc-Fipe, a duração da oferta para imóveis de médio e alto padrão está em 17 meses, contra os 24 meses registrados em 2023. Em todos os segmentos, o valor lançado cresceu 10,1% (R$ 38 bilhões), indica o levantamento. “As perspectivas de bom desempenho para o mercado encontram um terreno fértil no interior paulista”, afirma Marcos Túlio Campos, diretor de Incorporação da EBM Desenvolvimento Imobiliário. A maior construtora do Centro-Oeste prevê quatro novos empreendimentos em Campinas. “Esta metrópole desejada e potencial é um polo de atração de investimentos que impulsiona a expansão de negócios”, destaca.

Em todos os projetos, a EBM prima por plantas inteligentes, projetos arquitetônicos diferenciados e soluções tecnológicas, estruturas de lazer e convivência e qualidade de construção. “É justamente o que o perfil de padrão médio alto busca neste mercado aquecido”, observa Marcos Túlio. “Em apartamentos amplos, porém mais antigos, não se encontram estes recursos desejados pelo consumidor, que hoje valoriza conceitos mais atualizados de segurança e infraestrutura.”