Prêmio CASA CLAUDIA celebra os melhores profissionais da arquitetura, design e paisagismo do país

385

Circuito Arq+Decor vii-premio-casa-claudia Prêmio CASA CLAUDIA celebra os melhores profissionais da arquitetura, design e paisagismo do país NEWS

Evento marca os 40 anos da revista, que reafirma o seu DNA: apurar o olhar para o que há de melhor, mais inovador e interessante neste cenário.

São Paulo, agosto de 2017 – Em sua sétima edição, o Prêmio CASA CLAUDIA revelou os vencedores de cada uma das suas 11 categorias: Apartamentos; Casas Urbanas; Casas de Praia; Casas de Campo; Paisagismo; Hotéis e Pousadas; Escritórios, Consultórios e Lojas, Bares e Restaurantes, além das inéditas Design de Mobiliário, Design de Objetos e Uso da Cor.

Os finalistas foram escolhidos entre cerca de 1,4 mil indicações, analisadas pela equipe de coordenação do prêmio, pela redação da revista e, por fim, por um júri especializado composto por nomes como Eliana Sanches, Romulo Fialdini, Andrea Bisker, Baba Vacaro, Alexandre Salles, Waldick Jatobá e Miriam Lerner. Este time assumiu a tarefa de escolher os vencedores nas dez categorias principais. Apenas a categoria Uso da Cor, apresentada pela Coral, teve uma avaliação diferente: seus finalistas foram eleitos pela redação e o board da empresa definiu o vencedor. Nessa edição, os jurados estudaram individualmente os 30 finalistas selecionados, atribuindo a cada projeto notas de 1 a 5, nos critérios de avaliação propostos.

Na categoria “Apartamentos”, o prêmio foi para a mineira Ângela Roldão pelo projeto de um espaço de 360 m² localizado no centro de Belo Horizonte, no qual se destaca a harmonia entre os diferentes revestimentos utilizados nos ambientes. O jovem escritório Vão Arquitetura, formando Enk te Winkel, Anna Juni e Gustavo Delonero, surpreendeu ao se basear em estudos de Rino Levi e venceu na categoria “Casas Urbanas”. No quesito “Casas de Praia”, o projeto vencedor é assinado por Juliana Pippi, que conduziu a reforma e o design de interiores de uma casa no litoral catarinense. Já o prêmio da categoria “Casas de Campo” foi para Alice Martins e Flávio Butti. Juntos há quase 30 anos, os profissionais produzem ambientes contemporâneos e sustentáveis, assim como o projeto vencedor dessa edição. E, com um jardim na serra fluminense, repleto de fores e espécies de folhas graúdas, como alpínias, estrelítzias e filodendros, a engenharia agrônoma paisagista Daniela Infante venceu a VII edição do Prêmio CASA CLAUDIA na categoria “Paisagismo”.

Os trabalhos comerciais também ganharam destaque nessa edição. O projeto de retrofit do 55/Rio Hotel, assinado pelo francês Jean De Just, faturou o prêmio “Hotéis e Pousadas”. A paulistana Carolina Rocco ficou com o troféu da categoria “Restaurantes e Bares” com o restaurante Niaya, e os profissionais Maurício Arruda, Lais Delbianco eFabio Mota, do escritório Todos Arquitetura, foram premiados na categoria “Escritórios, Consultórios e Lojas”.
Pela primeira vez, categorias ligadas ao design integraram a premiação, brindando criações de móveis e objetos. Com uma trajetória marcante, o renomado designer Zanini de Zanine foi quem conquistou o prêmio na estreia da categoria “Design de Mobiliário”, com sua poltrona inspirada na cultura brasileira e que traz estrutura de catuaba, assento e encosto de couro e detalhes de metal. Agraciada pelo prestigiado IF Design Award em 2016, a Luminária Sevan, criada pelo escritório Pascali Semerdjian Arquitetos, ficou com o troféu da categoria “Design de Objeto”.

Apresentada pela Coral, a categoria especial “Uso da Cor” premiou o projeto assinado pelo arquiteto Robert Robl, especializado em design de interiores pela Parsons School of Design, de Nova York.
“No ano em que CASA CLAUDIA completa quatro décadas, o Prêmio se torna uma celebração de quem somos, uma retomada de nossas raízes. Muitos dos grandes nomes do mercado caminharam junto com a revista ao longo da carreira, brilharam com ela, cresceram com ela”, explica Eliana Sanches, diretora de redação da CASA CLAUDIA. “Aproveitamos para reafirmar o nosso DNA: apurar o olhar para o que há de melhor, mais inovador e interessante no mundo da arquitetura, do paisagismo, do design e da decoração”, completa.

Essa edição, que teve o troféu assinado por Ruy Ohtake, fez uma homenagem especial ao designer Jader Almeida. Com peças premiadas nos principais concursos nacionais e internacionais de design, Jader comemorou no início de 2017 duas décadas de carreira e segue como um ícone do setor com um portfólio com mais de 350 produtos, distribuídos por mais de 80 lojas no Brasil e no exterior.

O VII Prêmio CASA CLAUDIA foi apresentado pela Coral e Samsung e contou com o apoio do programa Gabriel PRO e da Cebrace (Habitat) e a parceria da St. James, que produziu em prata o troféu criado por Ruy Ohtake.

Veja mais:  https://casaclaudia.abril.com.br/ao-vivo/vii-premio-casa-claudia/