Medidas combinadas garantem manejo efetivo da água das chuvas

450

Medidas combinadas garantem manejo efetivo da água das chuvas - Pavimento Intertravado DrenanteUm dos principais desafios da administração pública das grandes cidades é a adequada coleta e manejo da água da chuva. Sobretudo no período mais chuvoso do ano, que corresponde aos meses de janeiro a março, durante o verão. O volume pluviométrico nessa época do ano atinge níveis altos, os quais geram consequências significativas para as cidades brasileiras.

O cenário é recorrente e vem acompanhado de prejuízos devastadores, desde enchentes, deslizamentos de terra, inundações de casas e até mortes. Apesar da tarefa complexa, criar soluções para as cidades é um assunto que desperta cada vez mais o interesse do governo e da população, no sentido de se precaver das mudanças climáticas resultantes do aquecimento global.

Assim, os administradores públicos e demais atores recorrem a projetos urbanísticos e de infraestrutura que possam minimizar ou até reverter as consequências desses fenômenos. Trata-se de uma constante busca de alternativas que possam influenciar na qualidade de vida das pessoas mediante a melhoria da infraestrutura urbana, saneamento, espaços públicos e habitação.

Em áreas urbanas densamente ocupadas, as superfícies destinadas ao sistema viário e áreas industriais e residenciais ocupam espaços consideráveis, chegando a 30% da área da bacia de drenagem. Segundo o engenheiro Cláudio Oliveira Silva, gerente de Inovação e Sustentabilidade da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), o uso de pavimentos permeáveis contribui para a diminuição do escoamento superficial e de problemas de inundações urbanas.

Os pavimentos permeáveis podem ser aplicados em praticamente todos os tipos de obras. Seja uma edificação residencial, comercial ou industrial ou em áreas públicas como ruas e praças. Sua aplicação pode ser em calçadas, vagas de estacionamento ou grandes pátios. Em cada caso deve-se avaliar o tipo de carga a que o pavimento estará submetido e também se deve conhecer as condições pluviométricas do local. “Ao permitirem a passagem da água através de sua estrutura, o pavimento permeável minimiza a impermeabilização das áreas e, dependendo das condições de projeto, a água retirada da superfície pode retornar ao lençol d’água ou até ser reaproveitada — no caso das edificações industriais e residenciais – como água de reuso”, explica o engenheiro.

O sistema de pavimentos permeáveis avançou bastante no Brasil nos últimos anos. Porém, é a partir de um maior conhecimento por parte dos técnicos e responsáveis pela administração pública que o sistema permeável pode avançar no mercado. Além disso, pode-se aproveitar incentivos fiscais pela adoção do pavimento permeável, algumas Prefeituras já oferecem descontos no IPTU caso a edificação utilize esse tipo de pavimento.