Limpeza pós-obra: como deixar pastilhas e cerâmicas lindas sem danificá-las

310

Alguns cuidados são importantes para quem está finalizando a reforma
e quer deixar tudo perfeito

Limpeza pós-obra: como deixar pastilhas e cerâmicas lindas sem danificá-las - ATLAS
Pastilhas Beaufort, no formato 5cm x 5cm | Foto de Luis Gomes

Não tem nada melhor do que terminar uma reforma em casa! No entanto, junto com a empolgação de ver tudo renovado, também há a possibilidade de pequenos descuidos, principalmente em momentos finais, como o da limpeza após o rejuntamento. Para facilitar a vida de quem está reformando pela primeira vez, a Cerâmica Atlas traz algumas recomendações e procedimentos prévios para evitar danos irreversíveis às peças durante o processo de higienização dos revestimentos.

Pastilhas e Cerâmicas Grés
Na hora de realizar a limpeza, os cuidados são semelhantes tanto para pastilhas de porcelana quanto para cerâmicas. Porém, será necessário dar uma atenção maior aos modelos que tenham texturas mais rústicas, para evitar a impregnação do rejunte em sua superfície. Por isso, será abordado o passo a passo de cada situação separadamente. Confira!

Limpeza pós-obra: como deixar pastilhas e cerâmicas lindas sem danificá-las - ATLAS1
Pastilha Açores,no formato 5cm x 5cm / Foto de Guilherme Gongra// Revestimento Malbec hexagonal em projeto de Beatriz Quinelato com foto de Luis Gomes

O que fazer
– Utilize produtos de limpeza homologados e neutros, como detergentes.
– Outro fator a ser considerado será a superfície/textura de cada revestimento, que poderá exigir uma maior atenção para realização da limpeza.
– Consulte o fabricante da argamassa e do rejunte para seguir as orientações dispostas nas embalagens.

O que não fazer
– Nunca utilize produtos de limpeza que não sejam homologados.
– Dê preferência a marcas confiáveis e com credibilidade no mercado.
– Não é recomendado o uso de palha de aço, pois causará riscos na superfície esmaltada do produto.
– Nunca utilize substâncias que contenham na sua formulação ácido fluorídrico, pois causam danos irreversíveis ao esmalte do produto cerâmico.
– Não utilizar produtos como “limpa pedras” ou derivados.

Limpeza pós-obra: como deixar pastilhas e cerâmicas lindas sem danificá-las - ATLAS2
Revestimento Malva, no formato 20x20cm | Projeto de Andrea Murao e foto de Eduardo Castello

Passo a Passo – Revestimentos Rústicos após o rejuntamento
No caso de pastilhas foscas (sem esmalte) ou revestimentos esmaltados rústicos, os cuidados são diferenciados, veja a seguir:

Com auxílio de um rodo ou desempenadeira de borracha, faça a aplicação do rejunte sobre o revestimento aplicado na fachada. As juntas poderão ser frisadas ou palitadas se necessário. Retire o excesso de nata de rejuntamento, com esponja úmida e dê acabamento com esponja seca. Caso as peças cerâmicas ainda apresentem resíduos após o processo citado, realize uma limpeza final (depois de verificar se a argamassa do rejunte se encontra com resistência necessária).
Molhe com água limpa toda a superfície a ser lavada; com a broxa, passe a solução neutra ou um produto específico de acordo com o fabricante; jogue bastante água limpa em toda a área em que foi aplicada a solução para retirá-lo; e, para finalizar lave a área que foi exposta com bastante água e produto neutro (ex. detergente). Obs: não realize esse tipo de procedimento enquanto a área estiver exposta ao sol.

Limpeza pós-obra: como deixar pastilhas e cerâmicas lindas sem danificá-las - ATLAS3
Revestimento Cook, no formato 20 x 20cm | Divulgação Atlas

Limpeza e manutenção no dia a dia
Para a lavagem de rotina das áreas internas, a utilização de produtos de limpeza se dará de acordo com o tipo de substância que entrou em contato com o revestimento. Cada tipo de mancha pedirá um tipo de solução diferente para a lavagem correta – alcalina, neutra, solvente etc., por isso o ideal é consultar antes os fabricantes dos revestimentos, assim como dos produtos limpantes. O procedimento padrão é o de molhar a área a ser limpa até saturá-la, retirar o excesso de água da superfície e em seguida aplicar a solução apropriada, esfregando com uma escova ou vassoura com cerdas macias a área a ser limpa. Em seguida, deve-se enxaguar abundantemente, removendo a solução aplicada.

Obs.: Os serviços de limpeza em grandes áreas (Fachadas externas, internas, pisos etc), devem ser realizados por empresas especializadas. No caso de fachadas, a limpeza deverá ocorrer a cada 5 anos, com equipe especializada e produtos neutros.

Limpeza pós-obra: como deixar pastilhas e cerâmicas lindas sem danificá-las - ATLAS4
Revestimentos Dill no formato 20cm x 20cm, em projeto de Edney Vanny com foto de Filippe Araújo