Comprei um cooktop de indução. E agora?

338

A Mueller preparou um guia sobre o que você precisa saber para aproveitar ao máximo a experiência de ter um cooktop de indução em casa

Comprei um cooktop de indução. E agora? - cock
O cooktop de indução MCI014BG1 da Mueller traz tecnologia e alta potência para a cozinha | Foto: Divulgação Mueller

Grande protagonista nas cozinhas, o fogão é um item indispensável aos lares e pode ser encontrado em modelos e variações diversas. Seja com 4, 5 ou 6 bocas, o eletrodoméstico é popularmente conhecido por sua praticidade ao contar com o forno embutido e uma variedade quase infinita de modelos e tamanhos. Apesar das variações, o design compacto, visual clean, segurança ao cozinhar e facilidade de manutenção e limpeza são os principais diferenciais dos cooktops de indução.

Trazendo modernidade para a cozinha, nesta versão de cooktop o cozimento é feito sem fogo. Com um sistema próprio, dotado de bobina eletromagnética, utiliza toda a indução originária de seu campo elétrico e o calor é completamente transferido para a parte inferior das panelas, permitindo que seja possível cozinhar. Com este calor direcionado, o preparo das receitas acontece de maneira muito mais rápida.

Entretanto, as particularidades e diferenças entre os modelos ainda podem causar dúvidas, principalmente no que diz respeito ao uso máximo de suas funções. Atentos a essa questão, a Mueller, empresa brasileira com mais de 70 anos de história, esclarece dúvidas e funções de seus produtos, além de explicar como fazer a escolha das panelas ideais para o seu novo fogão. Confira!

Entendendo as funcionalidades do seu novo fogão

Comprei um cooktop de indução. E agora? - cock1
Ideal para espaços compactos, o Cooktop de Indução Mueller conta com apenas duas bocas e traz um toque de modernidade e alta funcionalidade para a cozinha. | Foto: Divulgação Mueller

Com um portfólio que conta com modelos de cooktops de indução de 2 ou 4 bocas, os produtos Mueller se adaptam a diversos tamanhos de mesa e estilos de cozinha. Independentemente do tamanho escolhido, uma coisa é certa: é necessário entender todas as funcionalidades do seu novo fogão para aproveitá-lo ainda mais.

Os cooktops de indução, por exemplo, adicionam mais agilidade no cozimento e mais praticidade, contando com controle de potência e recursos de programação, como o timer, facilitando os momentos de cozinhar.

O eletrodoméstico ainda assegura maior segurança ao cozinhar, já que o vidro não aquece por inteiro, não opera com gás – em um cozimento sem fogo –, auxilia na agilidade no preparo das refeições e disponibiliza um adicional de funcionalidades, como a função de manter o alimento aquecido.

Mais preciso que os modelos de cooktop a gás, o Cooktop de Indução Mueller 4 Bocas MCI024BG1 apresenta 9 níveis de potência. Mas atenção! Selecione o nível ideal de potência de acordo com a demanda da sua receita. Os níveis 1 e 2 são ideais para um aquecimento delicado e com baixa temperatura, os níveis 3 e 4 atendem bem as fervuras rápidas, os níveis 5 e 6 se mostram eficientes para o cozimento de massas leves, os níveis 7 e 8 preparam refogados com perfeição, já o nível 9 deve ser selecionado quando a intenção é dourar o alimento ou ferver molhos.

Instalação

Comprei um cooktop de indução. E agora? - cock2
Em cooktops de indução, não é possível sentir o calor que é emitido pelo cooktop — percebendo apenas a temperatura mais elevada da panela. Este detalhe garante uma segurança maior ao preparo e diminui os riscos de acidentes domésticos. | Foto: Divulgação Mueller

Para instalar os cooktops de indução, a Mueller recomenda a instalação direta na rede elétrica de sua residência, por meio de conectores de porcelana ou equivalentes, seguindo as orientações descritas no manual de instruções que acompanha o produto. É importante reforçar que os cooktops Mueller são projetados para ser embutidos em superfícies planas e niveladas, sem elementos estruturais interferindo nos espaços. Entre os materiais recomendados, estão móveis ou tampos de granito, mármore, aço inoxidável, madeira ou outros igualmente resistentes ao calor. Também é indispensável que haja uma profundidade de aproximadamente 20cm para embutir a base do aparelho e um fluxo adequado de ar do lado de fora do armário até a base do fogão.

Como escolher as panelas

Comprei um cooktop de indução. E agora? - cock3
Para escolher as panelas para o cooktop de indução, uma dica rápida é conectar um ímã ao fundo da panela. Caso ele se conecte na superfície, a panela pode ser usada no cooktop! | Foto: Divulgação Mueller

Uma característica dos cooktops de indução que costuma gerar dúvidas são as panelas. Afinal, é preciso panelas específicas para este tipo de cooktop ou não? A resposta é sim! No momento de adquirir das panelas, é imprescindível optar por aquelas que são produzidas com metais magnéticos, como as panelas de aço inox de fundo triplo ou ferro fundido. Panelas de barro, alumínio, cobre ou vidro não funcionam neste tipo de cooktop e ainda podem danificá-lo, pois seus materiais não conduzem energia magnética, que é a fonte de calor da tecnologia de indução.

Limpeza
Da mesma forma que acontece com os fogões tradicionais, é importante não deixar acumular sujeira na superfície do cooktop para evitar dificuldades durante o momento da limpeza. Após cozinhar, especialmente frituras, a Mueller aconselha que as manchas e os respingos de gordura presentes na superfície sejam removidos com o auxílio de um papel toalha. Em seguida, basta limpar o cooktop com um pano macio e úmido com água. Em casos que a gordura persista, também é permitido utilizar desengordurantes ou misturinhas caseiras, como água e vinagre, para remover a sujeira.