Carolina e Guto Biazzetto

264

 

Itália e Brasil dividem a mesma casa

Restaurante estabelecido em antiga residência no bairro São Francisco, em Curitiba (PR), preservou a estrutura da casa e ganhou pitadas da cultura italiana em uma decoração elegante e conceitual

Um imóvel antigo, mas belíssimo, no coração da capital paranaense, foi o ponto de partida para a concepção de um restaurante de culinária italiana projetado pelo EB Arquitetura. Dentre as solicitações dos proprietários estavam manter a estrutura da casa e adicionar um mix entre Brasil e Itália na decoração, transmitindo um pouco da alma do negócio.

Com 384 metros quadrados, a residência transformou-se em um restaurante com três salões de atendimento, banheiros, bar, cozinha show, cozinha industrial, adega com capacidade para 800 garrafas, um salão de atendimento no subsolo e duas áreas externas com lareira e telão. “Nosso maior desafio foi manter a casa em pé. Ela estava muito degradada e tivemos que estruturá-la fazendo um tipo de “gaiola” de ferro”, explica o arquiteto Guto Biazzetto, sócio-proprietário do EB Arquitetura.

Segundo o profissional, os ambientes foram concebidos de forma global, criando uma unidade, porém, cada qual com sua característica e elementos exclusivos. Destacam-se dentro do restaurante os painéis nas paredes, que representam a confusão da Velha Itália, um piso de vidro, mostrando a estrutura original da casa, com lembranças de cursos e viagens do chef, e uma adega no subsolo, com uma recepção que vem desde o deck externo. “Em um dos salões, um “paneleiro” faz o papel de um jogo de pendentes, criando ali mais um ambiente”, complementa.

A área dos banheiros também chama atenção pela sua composição. No piso, uma brincadeira em pastilhas que recriam as tradicionais toalhas de cantinas italianas, nos tons de vermelho, verde e branco. “A bancada das pias é outro diferencial do espaço, pois se une por meio de uma queda de água, a qual esconde o ralo de vasão do líquido”, acrescenta a arquiteta Carolina Biazzetto, sócia-proprietária do EB Arquitetura.

Conceitualmente, o projeto apresenta linhas mais elegantes, aconchegantes e atuais, mescladas aos elementos rústicos. Com uso das cores de terra, amarelo, madeira, os profissionais criaram uma atmosfera italiana e sofisticada, como foi solicitado pelos clientes.

Sobre o EB Arquitetura:
Formados pelo Politecnico Di Milano e pela Scuola Politecnica di Design, os arquitetos Carolina e Guto Biazzetto, criaram em 2002 o EB Arquitetura, escritório com sede em Curitiba e filiais em Campinas (SP) e Milão (Ita). Com grande foco na sustentabilidade, além de projetos ecologicamente corretos, o EB também oferece consultoria na área e acompanhamento no processo de certificação sustentável de obras. Seus trabalhos combinam o minimalismo italiano ao tropicalismo brasileiro, oferecendo uma mistura interessante aos seus clientes.

Serviço:
EB Arquitetura
Unidade Campinas (SP)
Rua Giuseppe Máximo Scolfaro, 497 – Cidade Universitária

Unidade Milão (Itália)
Via Ugo Foscolo, 35, 20090 – Cusago
www.ebarquitetura.arq.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here