Campinas Decor 2011

843

Estação Cultura revive tempos de glória ao sediar a Campinas Decor 2011

 

16ª edição da principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista será aberta ao público nesta sexta-feira, 29 de abril

Cartão postal da cidade e patrimônio histórico dos mais importantes do interior paulista, a Estação Cultura, cravada no centro de Campinas, revive o auge da época em que era ponto de partida e chegada de milhares de pessoas. De 29 de abril a 12 de junho, o edifício avistado de longe graças ao imponente relógio inglês em sua torre vira palco da 16ª edição da Campinas Decor e oferece aos visitantes a possibilidade de conhecer o que há de mais moderno no mundo da arquitetura, decoração e paisagismo ao mesmo tempo em que viaja no tempo e respira o glamour das estações ferroviárias de outrora.

Resultado de um investimento recorde de R$ 10 milhões, a edição 2011 da principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior do Estado reúne em 5,5 mil metros quadrados de área construída 62 ambientes internos e externos preparados por 103 profissionais de Campinas, Americana, Jundiaí, Vinhedo, Santa Crus do Rio Pardo e Sumaré e apresenta-se como uma das mais grandiosas da história da Campinas Decor. A expectativa é de que 35 mil pessoas visitem o evento – volume 10% superior ao registrado em 2010.

“A beleza e a história do cenário inspiraram os expositores, que prepararam um verdadeiro espetáculo estético para o público”, afirma a empresária Sueli Cardoso, uma das organizadoras da mostra. Sua sócia, Stella Pastana Tozo, acrescenta que os profissionais souberam tomar partido das características da estação, com espaços amplos, pé-direito alto e elementos arquitetônicos seculares. “O resultado é uma combinação perfeita do antigo com o moderno”, resume.

Além de preparar os ambientes que compõem a mostra, a organização e os expositores realizaram um amplo trabalho de conservação do prédio inaugurado em 1884, que é tombado pelo Patrimônio Histórico municipal e estadual. Em mais de dois meses de obras, um exército de 1.500 profissionais recuperou pisos e revestimentos, consertou o telhado, portas e janelas, modernizou as redes hidráulica e elétrica e recuperou as fachadas interna e externa. Do total de investimentos, estima-se que de R$ 2,5 milhões a R$ 3 milhões tenham sido gastos apenas na conservação do edifício, revertendo-se em benefício para o patrimônio público do município. Os valores representam o que foi investido entre organização, expositores, patrocinadores e fornecedores.

O trabalho respeitou as regras de tombamento, sem interferir em qualquer ambiente no sentido de descaracterizar o que existe atualmente no prédio. Todos os projetos foram examinados e aprovados por uma comissão do Condepacc (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas) e da Coordenadoria Setorial de Patrimônio Cultural.

A realização da Campinas Decor na Estação Cultura foi possível devido a um termo de permissão de uso firmado entre a organização do evento e a Secretaria Municipal de Cultura. O termo tem como objetivo a cooperação entre o governo municipal e a iniciativa privada para a conservação do prédio.

Confira os 62 ambientes. Fotos Leandro Farchi.

Ambientes e profissionais responsáveis


01 – Fachada e Luminotécnica – arquiteta Graziella Giorgi e o administrador Antônio Sarasa
02 – Hall de Boas Vindas – arquiteta e urbanista Luciana Carvalho
03 – Bilheteria – arquitetas e urbanistas Camila Marangon e Letícia Wassall
04 – Escada Principal – arquitetas e urbanistas Larissa Baptista Cassani e Ana Terra Pádua Pereira
05 – Suíte do menino ferromodelista – arquitetas Inácia Toralles, Lilian Kindlmann e Tatiana Temperani
06 – Home Kids (Novos Talentos) – designers de interiores Alessandra Nascimento e Cinthia Magar
07 – Suíte do Bebê – designer de interiores Guacira Lotufo Bonafé
08 – Living – arquitetas Andrea Ottoni e Fernanda Antunes
09 – Copa da Família – arquiteto Amauri Fujii
10 – Suíte do Casal com Closet – arquiteto e designer de interiores Fernando Consoni
11 – Camarim das Gêmeas – arquiteta e urbanista Milene Ferrari
12 – Suíte da Gêmea Ciclista – arquitetas Cecilia Bellucci e Marina Marcolini
13 – Suíte da Gêmea Amazona – decoradora Isis de Medeiros Almeida e a arquiteta Mariana Medeiros Almeida (mãe e filha)
14 – Sala da Família – arquiteto Fernando Pellizzon e os designers de interiores Fabrícia Pellizzon e Luís Roberto Rios
15 – Lavabos – Masculino e Feminino – designers de interiores Shirley Alcântara Marcondes e Ana Paula Zambon Clemente
16 – Sala de Jantar – arquiteta Barbara Di Monaco e a designer de interiores Solange Tannuri
17 – Cozinha – arquiteta e designer de interiores Ana Maria Coelho e o arquiteto e urbanista Felipe Karam
18 – Lavanderia – arquiteta e designer de interiores Mariana Adão e a arquiteta Mariana Oliveira
19 – Loft Nova York  – arquitetos Adriano Stancati e Daniele Guardini
20 – Loft São Paulo – arquiteta e designer de interiores Adriana Bellão
21 – Adega Viníssimo – arquiteta Eliana Barros e da designer de interiores Silvia Bartholomeu.
22 – Espaço Gourmet – decoradora Sueli Cardoso
23 – Loja – arquitetos Aldomar Caprini e Lucia Freitas e o designer de interiores Edno Felix
24 – Saleta dos Cristais (Novos Talentos) – arquitetas e urbanistas Bárbara Teixeira e Renata Ribeiro
25 – Fachada da plataforma – engenheiro civil e restaurador Herbert Carvente Faustino
26 – Biblioteca – arquiteta e designer de interiores Leticia Ribeiro
27 – Banheiros da Plataforma e Serviços – arquitetos Maxwell Geraldi e Gustavo Ramos e designer de interiores Roberta Martins
28 – Joalheria – arquiteta Ana Carla Costa Leme e designer interiores Fabiana Gomes
29 – Hall do Corporativo – designers de interiores Selma Milaré Rubim e Solange Vieira Rubim
30 – Office do Consultor de Viagens – arquiteto Fábio Lopes Pires
31 – Escritório do Publicitário – arquitetas Karina Melo e Thaissya Ribeiro
32 – Consultório Médico – arquitetas Maria Cristina Sampaio Franco e Roseana Desenso Monteiro e designer de interiores Vani Mazoni
33 – Sala da Personal Trainer – arquiteta e designer de interiores Elisa Garrafa
34 – Sala de Reuniões – designer de interiores Márcia Campos
35 – Espaço GE – o arquiteto e designer de interiores Octavio Zillo Bosi
36 – Home Cinema – assinatura da arquiteta Kátia El Badouy
37 – Banheiros do Home Cinema – decoradora Silvana Pellegrino
38 – Studio Eco Decor – designer de interiores Eliane Ferrari Cardoso
39 – Studio Paris – designers de interiores Nilza Alves e Rita Diniz
40 – Sala Las Vegas – designer de interiores Beto Tozi
41 – Milano Caffé – designer de interiores Ana Mitzakoff
42 – Espaço Tigá – Kia- arquiteto e designer de interiores Fernando Consoni e pelos engenheiros civis Eduardo André de Ângelo, Henrique Gonçalves e Giuliano Terra
43 – Jardim dos Encontros – paisagista Gilda Maldonado
44 – Escritório da Marchand e Galeria- arquiteto Otto Felix
45 – Chocolataria – arquiteta e designer de interiores Patrícia Forte e a designer de interiores Patrícia Fernandes
46 – Jardim da Chocolataria – paisagistas Clarissa Diniz, Paula Iglesias e Zucca Leonardi
47 – Praça Campinas Decor – designer de interiores Andrea Barroso e pela arquiteta e paisagista Sabine Morel
48 – Boteco da Estação – arquitetos e designers de interiores Ana Paula Barros e Maycon Flamarion
49 – Lounge do Boteco – designers de interiores Sonia Stecca e Mayara Steccas
50 – Jardim da Estação – arquiteta e paisagista Maria Delmanto e engenheiro agrônomo e paisagista Renato Páteo
51 – Loft da Jovem Viajante – arquitetas Fernanda Zarattini e Karina Leme
52 – Jardim do Trem – paisagista Daniel Cruz
53 – Galeria de Música – designer de interiores Daniela Cherfen e arquiteta e designer de interiores Carolina Paiva
54 – Espaço Altero – arquiteta Maíra Schaeffer
55 – Espaço Brookfield – arquiteto Christie Cornelio
56 – Oásis – paisagista Guga
57 – Capela – arquiteta e decoradora Eliani Rodriguez
58 – Espaço Festa – arquiteta Flora Baccili
59 – Espaço Renner – arquiteta Inês Scisci Maciel
60 – Saleta de Espera e Banheiros do Restaurante – engenheiro Leandro Rodrigues Alves e designer de interiores Patrícia dos Santos Godói
61 – Bar – arquiteto Diego Arasanz
62 – Restaurante e Lounge de Saída – arquitetos e designers de interiores André Luis Zazeri e Fábio Antonio Colussi

Campinas Decor 2011

Data: de 29 de abril a 12 de junho

Local: Estação Cultura

Endereço: Praça Marechal Floriano Peixoto, sem número, Centro, Campinas (SP)

Horários de visitação: de terça a sexta-feira, das 14h às 22h; sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 22h. A bilheteria fecha sempre às 20h30.

Valor dos ingressos: R$ 26,00; estudantes e idosos pagam R$ 18,00 e crianças de até 12 anos não pagam. A partir da terceira visita, o valor do ingresso é de R$ 14,00.

Free-pass Campinas Decor: R$ 40,00, com visitas ilimitadas.

Serviços disponíveis: Bar, restaurante, botequim, chocolataria, café, espaço
para crianças e estacionamento com manobrista.

Telefone para informações: (19) 3255-7744

www.campinasdecor.com.br