Cadeiras e poltronas: os mais vendidos durante a pandemia

364
Cadeiras e poltronas: os mais vendidos durante a pandemia - cosmo 1
Cadeira Riga

Durante a pandemia, as salas de estar e de jantar ganharam papel fundamental na casa dos brasileiros. Os locais foram onde os moradores, que não tinham um espaço reservado para trabalho em casa, puderam desenvolver as suas atividades, além de descansar, assistir filmes, séries e reunir a família.

Por isso, o ambiente acabou ganhando móveis e peças novas. A Cosmo Indústria de Móveis, empresa que trabalha com a produção de móveis para sala de jantar e estar, atingiu a marca de 30 mil itens vendidos em 2021 e fez um levantamento cujo resultado apontou que cadeiras e poltronas foram as peças mais comercializadas no ano passado.

Logo após as cadeiras e poltronas, os móveis mais vendidos foram os buffets, bases de mesas e aparadores, o que justifica ainda mais a permanência das pessoas em casa, pois antes, elas não se preocupavam com esses itens, visto que as refeições em casa eram esporádicas. Porém, com a pandemia, eles se tornaram imprescindíveis. A pesquisa também apontou quais foram os estados brasileiros que mais compraram os móveis da empresa, por ordem de volume de venda: São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro e Goiás.